Inauguração da Assimétrico Loja Colaborativa!

10.11.17 ∙ , , , , , , , , , , , ,
Oi gente, tudo bem?

No dia 17 de novembro, a partir das 16h, finalmente ocorrerá a inauguração da Assimétrico Loja Colaborativa, que já falei aqui. Tenho andado ausente no blog porque boa parte do meu tempo tem sido dedicada aos ajustes finais da loja, quem segue o blog lá no Instagram está acompanhando tudo pelos stories, mas também vim compartilhar com vocês aqui e espero todos vocês na sexta!





A Assimétrico Loja Colaborativa apresenta várias vantagens, porque além de loja colaborativa também possui brechó e sebo, atraindo públicos de diferentes idades e gostos, sem restrição e sem regra, caso contrário não seria Assimétrico, né? Lá você encontra peças que vão do PP ao plus size, assim como acessórios e peças masculinas e femininas. Além disso, há planos com diferentes valores para que possam se adequar ao seu bolso. A proposta é oferecer um espaço de convivência e criatividade, apresentando os conceitos de cada marca e estimulando o consumo consciente. 




No sábado passado abrimos a loja para que as marcas interessadas em vender seus produtos lá na loja pudessem conhecer o espaço e neste sábado, dia 11, faremos o mesmo, então anote aí e nos siga nas redes para ficarem por dentro de tudo!







Estamos esperando vocês!


#NaFaixa: É primavera!

2.10.17 ∙ ,
Há muito tempo não fazia uma edição do #NaFaixa, mas depois de tantas chuvas nos últimos meses fiquei comovida com a chegada da Primavera e por isto o tema é este! Música com nome de flor? Tem sim! Música com nome ou sobrenome referente a este tema? Tem também!


Desta vez, rolou muita música brasileira, então dê o play e me diga o que achou. Como sempre, pode ser que eu lembre de algumas outras e insira depois!

#Publipost: Novo Floratta tem inspiração nas flores secretas do figo

28.9.17 ∙ , ,
Floratta Flores Secretas complementa a linha de fragrâncias com um floral Frutal inovador e sofisticado

Floratta acredita que os melhores romances são espontâneos e cheios de surpresa. Por isso, convida as mulheres para se deixarem apaixonar e perceber que o amor pode estar onde menos se espera com Floratta Flores Secretas. 

A nova fragrância do Boticário antecipa uma tendência dos florais frutais, combinando notas de saída refrescantes, com nuances frutais suculentas, e um corpo floral que traz presença e sofisticação. A novidade chegou às lojas, e-commerce e revendedoras da marca em todo país no dia 25 de setembro complementando uma das mais importantes linhas da perfumaria feminina do Boticário.

A inspiração para criar Floratta Flores Secretas está na surpresa das flores "escondidas" no figo - minúsculas, elas se desenvolvem no seu interior e, quando maduras, se transformam em pequenos frutos. 
"Em Floratta Flores Secretas, trouxemos a faceta mais sofisticada do figo. A fruta e sua flor aparecem predominantes nas notas de saída e corpo, reforçadas pela presença de frutas vermelhas, com toques aveludados de âmbar e musk ao fundo", explica o Gerente de Perfumaria do Boticário, Jean Bueno. "A combinação inesperada das notas florais com toques frutais cremosos foi traduzida em um acorde exclusivo Flor de Figo. O resultado é um floral frutal surpreendente."
Para complementar a perfumação, a fragrância chega acompanhada de um creme hidratante, que proporciona toque aveludado, absorção rápida e hidratação por até 48 horas.


Juntamente com o lançamento, a linha Floratta passa por uma grande reformulação. As fragrâncias mantêm a alta qualidade olfativa, com as mesmas fragrâncias, mas terão embalagens mais modernas, bonitas e sofisticadas. Os frascos ganham um formato mais ergonômico, com traços finos e delicados, e cores diferentes em tom pastel, que representam cada uma das variações - Blue, Gold, Rose e Cerejeira em Flor. O toque especial dos frascos são as tramas florais em alto relevo, na cor rosè.
"O novo formato, feminino e delicado, traz um design mais limpo e sofisticado para a linha Floratta, assim como os detalhes rosé na válvula e na assinatura da fragrância", explica Bueno. "Para Flores Secretas, optamos por um acabamento fosco, com pintura em verniz soft touch." Os cartuchos trazem tramas em degradê com efeito metálico e frases surpresas nas abas internas.

Quer vender seus produtos na primeira loja colaborativa sergipana? #SÓVEM

22.9.17 ∙ , , , , , , , , , ,
Ei, você já ouviu falar em loja colaborativa?

Segundo a cartilha do Sebrae, 
"Seu conceito é reunir em um único local, produtos de micro empresas ou de empresários individuais com o objetivo comum de vender tais produtos e com isso agregar uma grande diversidade de peças de moda, arte, decoração e cultura."
Eu conheci este modelo de negócio em 2011 quando fui pela primeira vez a São Paulo e fiquei encantada com a possibilidade de conhecer várias marcas incríveis num mesmo lugar com um mix de produtos repleto de mercadorias diferenciadas e de segmentos diferentes.

Na última ida a SP, eu e meu querido amigo Edilberto voltamos inspirados e pensamos: "por que não abrir uma loja colaborativa em Aracaju?"

O que era só um pensamento, irá se tornar realidade em breve e por isso estamos recrutando marcas interessadas em fazer parte deste negócio! 

As vantagens da loja colaborativa são inúmeras:

  • Acessível aos pequenos empreendedores que não têm muitos recursos para investir em uma loja própria, ainda mais em tempos de crise;
  • Boa localização;
  • Não exige presença constante do proprietário da marca, logo sobra mais tempo para investir no processo criativo dos produtos;
  • É a primeira loja colaborativa do Estado e tocada por dois profissionais sergipanos que atuam na área de moda!
Ok, depois de tanto papo a pergunta que fica é "como faço para vender meus produtos nesta loja?"

Envie um e-mail para contato@assimetrico.com.br falando sobre a sua marca!


Com carinho,
Larissa e Edilberto!

SPFW N44: resumão

7.9.17 ∙ , , , , , , ,

Entre os dias 27 e 31 de agosto, rolou a última edição do São Paulo Fashion Week, a principal semana de moda do Brasil, que contou com o desfile das seguintes marcas:

(Imagem: Vogue Brasil)

Não consegui acompanhar todos os desfiles, mas algumas coisas me chamaram atenção e vim contar pra vocês!

  • À La Garçonne realizou um desfile independente do SPFW, um dia antes da abertura da semana, no Theatro Municipal da capital paulista, apresentando looks com camuflagem militar, xadrez, em modelagem oversized, que já é uma assinatura da marca, e podiam ser obtidos logo após o desfile no esquema see now, buy now. A sofisticação, a sensualidade e a elegância apareceram nas passarelas através de transparências e da mistura entre streetwear e alfaiataria.Um dos destaques ficou por conta da presença do modelo Pietro Baltazar, que participou do clipe da Anitta e é conhecido como "Justin Bieber do Vidigal".

(Imagem: FFW)
  • Glória Coelho convidou suas clientes, como a blogueira Camila Coelho e a cantora Marina Lima, para serem as modelos da sua coleção inspirada na série The Crown, mostrando que suas peças ficam bem em qualquer tipo de mulher.
(Imagem: FFW)
  • Amarelo ocre é a tendência da vez! 
Lily Sarti Verão 2018 (Imagem: Vogue Brasil)
  • Ronaldo Fraga fez sua estreia no segmento beachwear mantendo como regra a diversidade, reafirmando que a praia é o espaço mais democrático que existe, trazendo referências dos anos 1920. 

(Imagem: FFW)
(Imagem: Uol Estilo)
  • Victor Apolinário, a mente criativa por trás da Cem Freio, encabeçou um projeto em parceria com a Natura, juntamente com outros profissionais, para refletir sobre a questão da representatividade no mundo da moda, defendendo a ideia de que "Toda Beleza Pode Ser". Por que o caso de Maria Aparecida de Oliveira, por exemplo, ainda é notícia? Diante disto, houve um desfile com casting bem diverso composto por pessoas reais e que fogem do padrão de beleza imposto pela sociedade. 
(Imagem: A Tarde)
Maaaas, nem tudo são flores e alguns acontecimentos desta edição foram bem criticados, como a discussão sobre apropriação cultural, no desfile da Coven, e o caso de racismo que o rapper Evandro Fióti, irmão e sócio do Emicida na Lab Fantasma, apontou ao ter sido barrado no desfile da própria marca. É indiscutível que as últimas edições desta semana de moda têm evoluído muito em termos de discussão sobre empoderamento, aceitação e diversidade, mas ainda é só o começo.

Mas e aí, e vocês, o que acharam deste SPFW N44?