Tropicalismo e o lindo figurino de "Velho Chico"

18.3.16 ∙ , , , ,
Olha, eu não sou de assistir novela, mas uma coisa me chamou a atenção na propaganda de "Velho Chico": o figurino! Achei lindíssimo, fiquei encantada e fui pesquisar sobre o assunto e me encantei mais ainda porque ele foi todo feito manualmente, utilizando técnicas de descoloração e de envelhecimento natural de tecidos, expondo-os ao sol e desgastando-os com lixas e pedras, para torná-lo o mais real possível. 

Além disso, a figurinista responsável é a mesma da novela "Meu Pedacinho de Chão" (2014), que ficou tão marcada justamente pelas preciosidades das vestimentas criativas, originais e incríveis do elenco!

"Meu Pedacinho de Chão" e seu figurino incrível!
Segundo o site Extra, Thanara Schonardie lidera uma equipe composta por uma figurinista, sete assistentes, dez casais de camareiros, três guarda-roupeiros, sete profissionais de adereço e costura, catorze costureiras, três alfaiates e dois contra mestres. A novela é ambientada no Nordeste, nos interiores do Rio Grande do Norte, Bahia e Alagoas, dirigida por Benedito Ruy Barbosa e inicia a história na década de 1960, passando por três fases até chegar aos dias atuais.

No Brasil, os anos 1960, especificamente 1967 e 1968, foram marcados por grandes acontecimentos no cenário político e musical refletidos no movimento cultural denominado Tropicalismo. Foi um momento de ruptura e que deu origem a um grande e maravilhoso coletivo composto por nomes como Caetano Veloso, Gilberto Gil, Gal Costa, Tom Zé e Nara Leão.

Carol Castro, que interpreta Iolanda, vivencia este movimento na trama e exibe roupas repletas de cores, atitude e ousadia. 
Carol Castro e o figurino de Iolanda (Imagem: Ego)

A figurinista optou por utilizar roupas reais de moradores da região, negociando trocas de suas peças por roupas novas, ideia que partiu do próprio diretor. Houve o cuidado em diferenciar as cores utilizadas entre os moradores do interior e os da capital, os primeiros usam roupas em tons pastel e os outros usam roupas com cores mais tropicais.

Dá para esperar muito filó, couro, veludo, renda, algodão, xita, sandália rasteira, babados, mangas bufantes, estampas florais e turbantes nos figurinos femininos, numa mistura de roupas mais ousadas, românticas e humildes. Para eles, pode-se esperar muitos cortes de alfaiataria, chapéus e coletes em tecidos como sarja e linho.





(Esta e todas imagens acima: Globo)
(Imagem: Uol)
E aí, concordam comigo? Não é lindo?

1 comentários: