#NaTela: Casablancas - O homem que amava as mulheres

14.1.17 ∙ , , , , , , , , , , , , ,

Desde que soube que ia ter um documentário sobre o fundador da famosa Elite Models Manegement eu já fiquei esperando ansiosamente o resultado para ver qual tinha sido a sua trajetória até se tornar o fundador da maior agência de modelos do mundo.

Após muita espera, o doc finalmente entrou na grade do Netflix e eu finalmente acabei de assisti-lo! Confesso que soube da história do John Casablancas pelo caminho inverso: The Strokes é minha banda favorita e por esta razão eu fui pesquisar mais sobre os integrantes até que descobri que o pai do Julian Casablancas, vocalista da banda, era simplesmente o criador da Elite Models!

John e Julian Casablancas
John Casablancas foi o responsável por criar a figura das "supermodelos" como verdadeiras celebridades, tendo trabalhado com alguns ícones da moda como Naomi Campbell, Linda Evangelista e Cindy Crawford. Com 30 anos de carreira, ele considerava o seu emprego "o melhor do mundo", porque realmente sentia prazer naquilo que fazia e conseguia aliar seu estilo de vida boêmio com seus quatro vícios ("jogos, cigarro, álcool e mulheres") à profissão.



Não vou me estender muito para não acabar falando demais, mas o que eu posso dizer é que a vida dele foi muito interessante (ele morreu vítima de um câncer em julho de 2013, no Rio de Janeiro, onde já havia morado há muitos anos atrás) e o final tocando "Is this it" é lindo (desculpa pelo spoiler!). Para que vocês fiquem com mais vontade de ver, eis o trailer (só achei este com legenda em francês):



FICHA TÉCNICA

Título original: "Casablancas, l'homme qui aimait les femmes"
Ano produção: 2016
Direção: Hubert Woroniecki
Duração: 89 minutos
Gênero: documentário
Classificação: 12 anos
País de origem: França
Estreia: 29 de junho de 2016
IMDb: 5,8

0 comentários:

Postar um comentário