As pochetes voltaram!

1.3.17 ∙ , , , , , , , ,
Neste Carnaval, além de unicórnios e sereias, a coisa que mais vi foi a polêmica: pochete. A pochete já foi alvo dos maiores preconceitos no mundo da moda, mas como a moda consegue ser contraditória e adora ressuscitar umas tendências, como este post aqui prova, a pochete agora é cool, descoladex e parece que virou item obrigatório! 

Ultimamente, a moda tem oferecido propostas mais confortáveis e compatíveis com a correria do dia a dia, como o tênis branco, o mom jeans e a modelagem oversized, por exemplo. Até os looks das convidadas dos desfiles da Semana de Moda de Nova Iorque do ano passado foram mais discretos e práticos, gerando o questionamento da ELLE sobre o provável fim da "era do pavão" do street style.

Contudo, além de contraditória, no geral, a moda é democrática e por isso há várias opções de pochete para você desfilar por aí. Afinal, se até a Glória Kalil aprovou o uso dela, quem sou eu pra julgar, não é mesmo?

A pochete mais famosa deste Carnaval, do Agora que sou rica
Pochete da Melissa

Para quem prefere uma pegada fun, que é uma das tendências de 2016, que permanece neste ano, há opções de pochetes divertidas, como estas aqui:

Na primeira foto, Magá Moura. As três fotos são pochetes da marca POCH (Imagens: Lilian Pacce, RIOetc)

Para quem ainda não venceu o preconceito contra a pochete, é só chamar de belt bag, seu nome gourmet, e sair bem linda e lindo, com estas belezinhas mais discretas:

(Imagem: Polyvore)

Com preconceito ou não, #aceita porque as pochetes voltaram com força total e caíram na graça de marcas como Kenzo, no desfile da Louis Vuitton Fall/Winter 2017 numa colaboração com a Supreme, Chanel, Theory, Hermes e Stella McCartney:

#Aceita
No ombro ou na cintura, pode separar um espacinho para a sua e sair com as suas mãos livres e desimpedidas por aí!

Beijo!

0 comentários:

Postar um comentário